Memórias da Vovó Dina – TULIO

Tulio era carioca. Alegre, feliz, mocinho dos seus 19 anos. Muitos dos doentes saíam para andar pela redondeza da clínica. Saíam cedo antes do café. Depois era um Deus nos acuda para se recuperarem. Tulio era um dos fujões.

Hoje não existe mais o Sanatório Hugo Werneck. A tuberculose tem novos tratamentos.
O que foi feito das abnegadas irmãs, que era o sustentáculo daquilo ali, ninguém sabe. Eram quase todas estrangeiras, a começar pela cozinheira.

Apesar de todo sofrimento éramos felizes, pela harmonia e pela segurança espiritual que se irradiava de todos os doentes e acompanhantes.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Memórias da Vovó Dina – TULIO

  1. Rita, só se vc conversar direto com minha mãe. Ela tem uma memória fantástica, apesar de quase 96 anos, como vc pode ver por essas memórias. Acho que não tem fotos, mas ela pode te dar uma boa idéia do dia a dia do sanatório. Ela guarda boas lembranças.
    Se estiver interessada, escreva para meu email: siomaras@gmail.com, que eu passo o telefone pra vc combinar com ela.
    Um abraço,

  2. Sou historiadora e estou pesquisando os sanatorios de BH. E possivel ter um depoimento sobre a vida no sanatorio? Existem fotos deste tempo?
    desde já agradeço,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s