O CASAMENTO AMERICANO

Aconteceu durante a guerra. Um esquadrão (não sei se é este o nome) alojou-se em Maceió. Fazendo o quê, não sei. Só sei que foi motivo para alvoroçar as moçoilas casadoiras.

Americano sempre chama atenção aonde chega. Eram oficiais. Não conheci nenhum pessoalmente, nem por isso estou triste.

Mas vamos ao que interessa.

Uma dessas casadoiras se apaixonou por um tenente e se casaram.

Terminou a guerra e ele levou a esposa para sua terrinha.

Menina bonita e prendada, dizem que rica, foi embora muito feliz.

O caso é que a família do marido não gostou da escolha do filho. E passou a ignorá-la.

Em uma festa em casa dos pais dele, levou-a, como era natural, mas não deram atenção à jovem senhora. Em certa altura do sarau, alguém foi ao piano mostrar suas habilidades de musicista e foi muito aplaudida.

O nosso rapaz, aproveitando o momento, pediu para a mulher para tocar alguma coisa.

Ela aceitou e saiu-se muito bem, sendo aplaudidíssima, sendo abraçada e beijada pelos pais dele, por amigos e parentes ali presentes.

Não sabiam que no Brasil se tinha alguma educação ao ponto de ser pianista. Santa ignorância!

O preconceito é uma enorme pobreza de espírito. Infelizmente isso existe e muito.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s