BRINCADEIRA DE RODA

Oh! Rosa, rosa, amarela,
Oh Rosa, amarela eu sou
Oh Rosa, rosa amarela
Rosa branca é meu amor.

Sacudi meu lenço branco
Por trás da sacristia
Bateu na cara do padre
Isso é mesmo o que eu queria.

Oh Rosa, rosa amarela….

Sacudi meu lenço branco
No buraco da parede
Quando vejo meu benzinho
Bebo água sem ter sede.

Oh Rosa, rosa amarela….

Menina, minha menina,
Cabeça de melancia
Um beijo da tua boca,
Me sustenta 15 dias.

Oh Rosa, rosa, amarela….

Sete e sete são catorze,
Três vezes sete, vinte e um
Quem quiser que assoletre
A paixão de cada um.

Oh Rosa, rosa amarela….

A laranja de madura
Caiu n’água, foi ao fundo
Os peixinhos responderam,
Viva D. Pedro II.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s