Mistérios do álbum de viagem

A maior parte dos slides que estavam nas caixas da Kodak traziam informações sobre o local onde as fotos foram feitas. Algumas vezes com mais detalhes, outras com dados mais gerais, como o nome da cidade ou do país. Durante a pesquisa, me ajudou também que os slides estivessem quase na ordem correta. Era possível, em muitos casos, através dos números no alto do canto esquerdo, identificar sequências completas de um carrete de filme. Mas quase sempre faltavam fotos aqui, sobravam fotos ali. E havia aquelas que não sabia onde encaixar, dado que não traziam identificação e claramente estavam fora de ordem.

Erecteion,Templo grego em Atenas

Depois de ordenar os slides, até o limite das possibilidades, escaneei todo o material para, finalmente, ver as imagens com boa definição. Identificava uma imagem depois da outra com ajuda do diário da vó e com o milagroso Google Images. Através da busca por internet fui capaz de rastrear nomes de praias que não estavam no texto da vó. E quando chegava uma foto solta que eu não tinha ideia onde inserir dentro do itinerário da viagem, tentava procurar trechos do diário que descrevessem um lugar como aquele.

Acrópoles, Atenas, Grécia (foto do Google Images)

Durante esse processo, algo curioso aconteceu. No diário ela comentava algumas visitas a ruínas. Na Itália e em Portugal, em especial. Porém, quando eu ia para o Google Images e procurava ruínas nas cidades visitadas por eles, não encontrava nada parecido com essas três fotos que publico aqui. Devo confessar que voltei a fazer essa busca algumas vezes até que encontrei essas fotografias de Erecteion, um templo grego em Atenas e descobri que as tais fotografias que estavam nos álbuns foram feitas na Grécia. Porém o diário não menciona nenhuma visita à Grécia. Alguém pode me explicar isso?

Ruínas de Acrópoles, em Atenas, Grécia.

Ruína de Acrópoles, Atenas.

Anúncios

2 pensamentos sobre “Mistérios do álbum de viagem

  1. Pois é. O vô reclama, num ponto do diário, que a vó não estava detalhando o trecho da viagem na Alemanha. (Essa parte ainda não foi publicada, vocês verão mais pra frente). Depois disso, a vó conta várias coisas sobre a Alemanha – o que eu não encontrei foram fotos! Não sei dizer se se perderam ou se não foram feitas mesmo.
    Agora me deixou muito intrigada a omissão dessa parada em Atenas, porque estaria muito fora da rota de acordo com o que está descrito no diário. Para uma viagem de 50 dias, não faz muito sentido esse desvio tão grande. Seriam vários dias de viagem. E por que não estaria no diário? O texto dela dá indícios de que ela manteve a disciplina para dar o máximo de informações sobre a experiência deles.
    Alguém pergunta pra vó se ela foi pra Atenas e me conta por aqui!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s