16/Junho/71 – de Bruxelas a Londres

Saída de Bruxelas às 7h15 – Chegada em Ostende, porto para travessia obrigatória para quem vai a Londres – 8h45 – Travessia do Canal da Mancha.

Em Bruxelas ainda está chovendo e fazendo um frio de quatro graus. Entramos no barco às 10h.

Acabamos de almoçar e o barco continua singrando os mares do Norte, atravessando o grande Canal e não sei quem teve a ideia de atravessar isto a nado. Só mesmo um louco.

Navegamos 3h15. Mais uma hora e eu teria posto o almoço para fora. Nem a travessia da volta de Capri foi tão ruim. Enfim, aqui estamos em Londres, apreciando o orgulho dos ingleses e com justa razão. Como eu esperava das suas casas de residência, a arquitetura é fora do comum. Não vimos em outra cidade da Europa nada igual. São lindas e graciosas. São diferentes. Só não gostei das chaminés. Destoam completamente das casas. Dá a impressão de uma chaminé mãe, com uma porção de filhotes. Horríveis! O hotel é muito bom e para alegria do seu pai o pessoal do restaurante é espanhol. Amanhã iremos ver a cidade. Depois contarei o que puder.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s